Conecte-se conosco

notícias

Cardiopatia grave: cuidados e direitos de quem sofre com a enfermidade

Doenças cardíacas, como a cardiopatia grave, são as maiores causadoras de óbitos no Brasil, além de limitarem a vida dos pacientes. Por lei, portadores das doenças têm direito à isenção do Imposto de Renda e outros benefícios

Publicado

em

Rio de Janeiro – RJ 23/2/2021 –

Doenças cardíacas, como a cardiopatia grave, são as maiores causadoras de óbitos no Brasil, além de limitarem a vida dos pacientes. Por lei, portadores das doenças têm direito à isenção do Imposto de Renda e outros benefícios

Segundo dados do IBGE de 2020, a expectativa de vida do brasileiro foi de 76,6 anos em 2019, três meses a mais que o registrado no ano anterior. Maior longevidade significa a necessidade de mais cuidados com os idosos. O Portal Cardiômetro informa que as doenças cardiovasculares são as maiores causadoras de morte no Brasil.

Neste contexto, especialistas recomendam a prevenção desde cedo, com consultas periódicas ao cardiologista, alimentação balanceada, a prática de pelo menos 30 minutos de caminhadas por dia, bem como o acompanhamento dos níveis de colesterol, glicose e pressão arterial constante.

A cardiopatia grave é uma das doenças do coração que podem matar. Segundo a AFAG, Associação dos Familiares, Amigos e Portadores de Doenças Graves, a enfermidade ocorre quando o coração começa a perder a capacidade funcional por alguma alteração congênita ou mesmo por uma doença.

Alguns dos sintomas são dores no peito, dificuldade para respirar, cansaço excessivo após grandes esforços e palpitações cardíacas. As cardiopatias podem ser classificadas em:

  • Grave crônica, quando há a perda progressiva da capacidade funcional do coração; 
  • Grave aguda, que evolui rápido levando à diminuição brusca das funções do coração;
  • Grave terminal, quando o coração não executa devidamente suas funções, o que diminui a expectativa de vida da pessoa.

Pacientes de cardiopatia grave podem chegar à fila do transplante do coração e sofrem diversas limitações em suas rotinas.

A cardiopatia grave e a lei brasileira

Quem sofre de doenças graves possui alguns direitos segundo a lei brasileira. Entre eles, a isenção do Imposto de Renda, direito a sacar o FGTS, isenção de impostos na aquisição de automóvel, aposentadoria por invalidez, de acordo com o grau da cardiopatia e mediante exames médicos, bem como o auxílio-doença para aqueles que contribuíram por, pelo menos, 12 meses com o INSS.

Em 2006, o Ministério da Defesa publicou a Portaria Normativa nº 1.174, listando as doenças graves especificadas em lei. A norma prevê os graus da doença e os exames a serem apresentados para a obtenção de benefícios. Para a cardiopatia grave há o ecocardiograma, histórico médico, eletrocardiografia dinâmica, estudo radiológico do tórax, entre outros.

Aposentados e pensionistas que sofrem de cardiopatia grave têm direito à isenção do Imposto de Renda. O processo para a concessão do benefício necessita de diversos trâmites e, devido à burocracia, o pedido pode ser negado. Atualmente, é possível contar com a ajuda de especialistas para agilizar e obter a isenção de forma segura. Uma das empresas especializadas nesse serviço é a ISENTEI.

Em seu site, a ISENTEI explica como obter o benefício com agilidade e sem burocracia. O procedimento é feito pelos especialistas e o requerente tem acesso a todas as etapas de seu processo.

Vale reforçar que a isenção do Imposto de Renda devido a doenças graves, como a cardiopatia vascular, é um direito garantido por lei a aposentados e pensionistas, ainda que muitas dessas pessoas não saibam que estão aptas a obter o benefício.

Para mais informações basta acessar o site da ISENTEI: www.isentei.com.br, o blog: www.isentei.com.br/blog ou o Facebook: https://www.facebook.com/isentei.

Website: http://www.isentei.com.br

Continuar Lendo
Anúncio

notícias

Receita libera amanhã programa da declaração do Imposto de Renda 2021

Publicado

em

Receita libera amanhã programa da declaração do Imposto de Renda 2021

Prazo de entrega começa em 1º de março e vai até 30 de abril.

A partir das 8h desta quinta-feira (25), os contribuintes podem baixar o programa de preenchimento e de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2021. O programa para computador estará disponível na página da Receita Federal na internet

O prazo de entrega começará na próxima segunda-feira (1º), às 8h, e irá até as 23h50min59s de 30 de abril. Neste ano, o Fisco espera receber entre 31.340.543 e 32.619.749 declarações. No ano passado, foram enviadas 31.980.146 declarações.

Pelas estimativas da Receita Federal, 60% das declarações terão restituição de imposto, 21% não terão imposto a pagar nem a restituir e 19% terão imposto a pagar.

Assim como no ano passado, serão pagos cinco lotes de restituição. Os reembolsos serão distribuídos nas seguintes datas: 31 de maio (primeiro lote), 30 de junho (segundo lote), 30 de julho (terceiro lote), 31 de agosto (quarto lote) e 30 de setembro (quinto lote).

Declaração pré-preenchida

Disponível desde 2014 para os contribuintes com certificação digital (chave eletrônica vendida por cerca de R$ 200), a declaração pré-preenchida do Imposto de Renda será ampliada em 2021. A partir de 25 de março, os contribuintes com login no Portal de Serviços Públicos do Governo Federal (Portal Gov.br) também passarão a receber o documento preenchido, bastando confirmar as informações antes de entregar para a Receita.

A novidade estará disponível exclusivamente no serviço Meu Imposto de Renda, quando acessado pelo Centro de Atendimento Virtual da Receita (e-CAC). O contribuinte poderá recuperar as informações no e-CAC, salvar na nuvem e continuar nos outros meios de preenchimento.

O contribuinte com declaração pré-preenchida precisará de autorização para que o sistema recupere as informações dos dependentes. Quem tiver certificado digital pode acessar o serviço “Senhas e Procurações” e cadastrar a procuração dos dependentes no e-CAC. Os contribuintes sem a chave eletrônica poderão fazer o procedimento no site da Receita Federal, no serviço “Procuração para acesso ao e-CAC”, mas precisará entregar os documentos dos dependentes na Receita Federal para conferência e aprovação.

 

Por | Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Continuar Lendo

notícias

IBRI realiza webinar sobre “Temporada de Assembleias 2021: Desafios para Empresas Estatais”

Evento debaterá melhores práticas e deve compartilhar informações para que executivos de estatais se preparem para as Assembleias em 2021.

Publicado

em

por

São Paulo, 23/02/2021 24/2/2021 –

Evento debaterá melhores práticas e deve compartilhar informações para que executivos de estatais se preparem para as Assembleias em 2021.

O IBRI (Instituto Brasileiro de Relações com Investidores) realiza webinar, no próximo dia 25 de fevereiro de 2021, quinta-feira, às 18:30, sobre “Temporada de Assembleias 2021: Desafios para Empresas Estatais”.

O evento contará com palestras de Angela Airoldi, Relações com Investidores da Sabesp; Bernardo Fabião, Relações com Investidores da Petrobras; Agnes Blanco Querido; Diretora Brasil da Morrow Sodali; e João Pedro Nascimento, sócio do JPN Advogados e autor do best-seller “Assembleias Digitais e Outros Reflexos das Tecnologias nas Assembleias de S/A”.

André Vasconcellos, Coordenador do Grupo “RI de Estatais” do IBRI e da pós-graduação em “Direito e Mercado de Capitais” da Verbo Jurídico, será o mediador do evento. “É oportunidade única para que os executivos das estatais brasileiras e o mercado em geral recebam informações importantes para a temporada de Assembleias 2021”, declara Vasconcellos.

Na ocasião, haverá o lançamento da publicação “Passo a Passo para Assembleias de Acionistas em Estatais”.

O evento conta com apoio institucional: Morrow Sodali, Ten Sistemas e Redes, JPN Advogados e SUMAQ – Comunicação Financeira. E tem como parceiros de mídia: Portal Acionista; Revista Plurale; Revista Capital Aberto; e Revista RI.

Link para participar do webinar:
https://lnkd.in/emFgHsz

Assessoria de Comunicação do IBRI (Instituto Brasileiro de Relações com Investidores)
www.ibri.com.br
Digital Assessoria-Comunicação Integrada
Rodney Vergili / Jennifer Almeida / Rafael V.Pereira / Natália Martins
Fones (11) 5081-6064
+ 55 (11) 9 9123-5962
WhatsApp: (11) 9 7024-8393
[email protected]

Website: http://www.ibri.com.br

Continuar Lendo

notícias

Influencers de Brasília listam 50 lugares para conhecer na capital

Uma série de atrações aguardam turistas e brasilienses para descobrirem o que a capital do país tem de melhor e o youtuber Eldo Gomes fez um guia especial com vários roteiros

Publicado

em

por

Brasília, DF 24/2/2021 –

Uma série de atrações aguardam turistas e brasilienses para descobrirem o que a capital do país tem de melhor e o youtuber Eldo Gomes fez um guia especial com vários roteiros

Segundo pesquisa do Ministério do Turismo, a capital brasileira é destino tendência para 2021. Por isso, o digita influencer e youtuber de Brasília, Eldo Gomes, fez um roteiro com 50 programas para fazer no Distrito Federal em especial em seu canal do YouTube .

O levantamento foi realizado tomando como base os principais sites de pesquisa do setor, além de publicações e dos destinos que se alinham à demanda do novo turista no cenário pós-pandemia. Em Brasília, a Secretaria de Turismo tem feito várias ações e preparado diversos roteiros para os turistas.

“De fato nosso quadradinho tem turismo rural, arquitetônico, náutico, de natureza, religioso e muitos outros. 50 coisas é pouco para desfrutar a capital de todos os brasileiros”, resume Eldo Gomes.

A lista surgiu por conta da demanda de mensagens que já recebe em seu e-mail, no perfil do Instagram @EldoGomes e também nos comentários do YouTube. “Vários turistas vivem dizendo que Brasília não tem tantas opções e essa lista vem para agraciar este público”.

A lista completa das 50 coisas em Brasília está disponível no canal EldoGomesTV no YouTube.

Website: https://www.eldogomes.com.br/50coisasembrasilia/

Continuar Lendo

Em Alta