Conecte-se conosco

Notícias

Mercado global de manutenção de áreas verdes está cada vez mais tecnológico e inclui inovações com aplicação de robótica

Cortador de grama autônomo para aplicação profissional em grandes áreas foi lançado no Brasil recentemente

Publicado

em

São Paulo Estado 11/1/2021 – O novo Automower 550 é um sistema inovador de manutenção de gramado para uso profissional. Corte automático de alta performance, maior desempenho e praticidade.

Cortador de grama autônomo para aplicação profissional em grandes áreas foi lançado no Brasil recentemente

Segundo projeção do The Boston Consulting Group (BCG), o mercado global de robótica deverá movimentar em torno de US$ 87 bilhões até 2025. O relatório destaca que serão atingidos diversos setores com pequenas e grandes aplicações. As utilidades são diversas, como serviços domésticos, interações de casas inteligentes e conectadas, máquinas auxiliares em áreas, como saúde e indústria, veículos autônomos, entre outros segmentos.

O interesse nas modernidades tecnológicas está em crescimento, e a expectativa é de que só a vertical de consumo seja responsável por investimentos na casa dos US$ 23 bilhões em robôs e afins dentro dos próximos seis anos. A temática tem ganhado cada vez mais expressão no Brasil e segundo outra pesquisa — desenvolvida pela MOB INC empresa de consultoria de pesquisa —, de 2019, 40% dos brasileiros desconheciam conceitos, como inteligência artificial e chatbot. Muitos dos pesquisados não conseguiram defini-los ou explicar para que servem, embora já tenham ouvido falar sobre esses assuntos.

Porém, o interessante é que algumas destas pessoas não se dão conta de que já utilizam a inteligência artificial quando, por exemplo, fazem uma compra por meio de um site ou utilizam um aplicativo que orienta qual o melhor caminho a seguir. As inovações já fazem parte do dia a dia e se apresentam cada vez mais de forma impressionante, como já acontece no Japão, onde máquinas fazem todo o serviço de atendentes de hotéis. Na China, pequenas vans-robôs fazem entregas sem motoristas. Já há dispositivos eletrônicos que varrem as ruas e colocam o lixo para fora de casa em Cingapura. Agora, um robô movido a bateria que corta a grama sozinho e ainda dá um jeito nos resíduos gerados, que se decompõem no solo, sem necessidade de remoção? Essa novidade, que já é sucesso na Europa há alguns anos, chegou ao Brasil e é conhecido como Automower®, robô cortador de grama.

Líder no mercado europeu, o robô funciona como um sistema de manutenção de gramados e é mais uma inovação da evolução do mercado de dispositivos da Internet das Coisas (IoT), com a presença da conectividade e recursos smart. Ele funciona por meio de bateria, é silencioso e trabalha 24 horas por dia, sete dias por semana. O tipo de lâmina e a frequência de corte ainda proporcionam um resultado adequado em todos os tipos de grama, deixando a grama mais saudável.

O Automower modelo 550, que é um lançamento da multinacional sueca Husqvarna, chega ao Brasil para completar o portfólio com outros três modelos. Enquanto os outros modelos são ideais para residências e áreas de até 3.200 mil m2, o Automower 550 é um produto para uso profissional, com foco na manutenção de grandes áreas verdes de até 5.000 m2. “Sua principal aplicação é para ambientes, como hotéis, parques industriais, condomínios e campos esportivos, onde a área é extensa e a exigência de qualidade é elevada”, comenta Mário Fortunato, gerente de produtos para América Latina da Husqvarna.

E para um país apaixonado por futebol, o robô chega para trazer um perfeito corte aos gramados de estádios e campos de treinamento. Isso porque ele tem um modo campo esportivo pré-programado, que otimiza as configurações do produto em áreas esportivas gramadas. “O modo campo esportivo garante maior velocidade de rotação do disco de corte para melhor qualidade e capacidade do produto. Essa programação também reduz o risco de as rodas do equipamento patinarem em gramado denso”, comenta o executivo. Além disso, esse modelo possui recursos exclusivos para o uso de múltiplas máquinas dentro do mesmo terreno, o que facilita a aplicação em áreas maiores.

Inteligente, o equipamento também conta com conexão Bluetooth, entrada para cartões SIM 2G e 3G, sensor ultrassônico, que detecta colisões iminentes, e rodas com travas maiores, para terrenos acidentados, além de escovas que melhoram o desempenho em áreas inclinadas. Para uma melhor análise da produtividade, é possível a utilização do Husqvarna Fleet Services — um software de gerenciamento dos equipamentos, com sistema disponível tanto em versão web quanto em aplicativo (Android e iOS). “A integração com esse gerenciamento de frota é muito útil para empresas que cuidam da manutenção de grandes áreas verdes. Já que, por meio de um aplicativo, é possível enviar comandos em massa para múltiplos equipamentos simultaneamente. Além disso, o sistema fornece estatísticas de uso, diagnósticos remotos e registros de manutenção para controle completo da frota”, explica Fortunato.

Inovações como essa têm trazido à realidade equipamentos autônomos e fundamentais para a satisfação e comodidade dos usuários, cada vez mais exigentes. Em pesquisa divulgada em 2019, desenvolvida por pesquisadores das Universidades de Harvard, Lausanne e da Universidade de St. Gallen, envolvendo cerca de cinco mil entrevistados em diferentes países, terceirizar tarefas caseiras — como cortar grama e aspirar pó — eleva a sensação de “ganho de tempo”, diminuindo o estresse e aumentando a sensação de bem-estar. Não é à toa que cada vez mais surgem avanços tecnológicos em equipamentos e utensílios domésticos, que buscam atrair a atenção dos donos de casa em geral e prestadores de serviços.

O equipamento já está disponível nas revendas especializadas Husqvarna. Este vídeo esclarece como o robô funciona.

Website: https://www.automower.com.br/

Continuar Lendo
Anúncio
Clieque para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Debate aborda formas de combater o trabalho escravo

O encontro é iniciativa do Grupo de Trabalho (GT) do Coexistir, que reúne mais de 100 participantes de 40 empresas de vários segmentos, além do varejo de alimentos, e faz parte do Acordo de Cooperação Técnica com a Superintendência Regional do Trabalho.

Publicado

em

por

Sao Paulo, SP 12/4/2024 –

O encontro é iniciativa do Grupo de Trabalho (GT) do Coexistir, que reúne mais de 100 participantes de 40 empresas de vários segmentos, além do varejo de alimentos, e faz parte do Acordo de Cooperação Técnica com a Superintendência Regional do Trabalho.

O Sincovaga-SP (Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios do Estado de São Paulo), que representa mais de 35 mil empresas do segmento, realizará no dia 17/04, quarta-feira, das 9h às 11h30, um encontro para debater o tema “Não ao trabalho escravo – Construindo pontes para o trabalho digno”, no auditório da sede da entidade (R. 24 de Maio, nº 35, 16º andar, Centro, São Paulo/SP.).

O encontro é iniciativa do Grupo de Trabalho (GT) do Coexistir, que reúne mais de 100 participantes de 40 empresas de vários segmentos, além do varejo de alimentos, e faz parte do Acordo de Cooperação Técnica com a Superintendência Regional do Trabalho de São Paulo.

Os especialistas convidados são

– Evandro Afonso de Mesquita – Auditor Fiscal do Trabalho;

– Paulo Roberto Warlet da Silva – Auditor Fiscal do Trabalho;

– Luís Gustavo Ponciano Pereira – Chefe da Seção de Operações na Superintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal em São Paulo.

Serviço

Debate: “Não ao trabalho escravo – Construindo pontes para o trabalho digno”

Data: 17/04, quarta-feira, das 9h às 11h30

Local: Sincovaga-SP (Rua 24 de Maio, nº 35, Sala 1.616, República, São Paulo/SP.)

Inscrições gratuitas: Até o dia 15/04, clicando aqui.

_______________________________________________________________

Website: https://www.sincovaga.com.br

Continuar Lendo

Notícias

Brasileiro mira no mercado de cibersegurança nos EUA

A empresa Barroso Security Dynamics será conduzida pelo especialista Fábio Costa Barroso e se concentrará em fornecer soluções avançadas para proteger empresas, indivíduos e entidades governamentais

Publicado

em

por

Vespasiano, MG 12/4/2024 – Na era digital, proteger informações sensíveis é primordial para preservar a integridade de espaços privados e comerciais

A empresa Barroso Security Dynamics será conduzida pelo especialista Fábio Costa Barroso e se concentrará em fornecer soluções avançadas para proteger empresas, indivíduos e entidades governamentais

A segurança cibernética é um assunto que vem sendo tema de discussões em nível mundial. Conforme dados de um relatório da Trend Micro, empresa de segurança de dados, os Estados Unidos foram o país que mais sofreram com ataques cibernéticos em 2023. Para se ter uma ideia, o tipo mais comum de crime cibernético relatado ao Centro de Reclamações de Crimes na Internet do país foi o phishing e spoofing, afetando aproximadamente 298 mil pessoas. Além disso, mais de 55 mil casos de violações de dados pessoais foram relatados ao IC3 durante o ano passado.

Com o advento da internet, pessoas físicas, empresas e sistemas governamentais estão sujeitos a esse tipo de crime. Dentre as complicações que um ataque cibernético pode causar estão comprometer a privacidade de dados e documentos, deixar sistemas fora do ar e restringir controle de dispositivos, como câmeras de segurança de residências, por exemplo.

Para o advogado e policial militar Fábio Costa Barroso, a digitalização é uma das grandes responsáveis pelo aumento de ameaças digitais e a prevalência de roubos, tanto físicos quanto cibernéticos, exige atenção imediata. “Na era digital, proteger informações sensíveis é primordial para preservar a integridade de espaços privados e comerciais”, explica ele, que atua na área há mais de 15 anos.

Pensando nisso, Barroso decidiu investir no mercado norte-americano de cibersegurança e comandará a Barroso Security Dynamics. A empresa, que ficará localizada em Orlando, na Flórida, se concentrará em fornecer soluções tanto para segurança cibernética quanto física para empresas, indivíduos e entidades governamentais. “Reconheço a necessidade crítica de medidas de segurança avançadas, por isso trabalharei com uma abordagem integrada para antecipar futuras necessidades de segurança, estabelecendo assim um novo padrão em serviços de segurança privada”, determina o profissional.

De acordo com Barroso, as operações de segurança da organização estão alinhadas com iniciativas nacionais de cibersegurança, como a Ordem Executiva 14028, que se concentra na redução do crime e na prosperidade econômica dos Estados Unidos, visando áreas carentes do país. “Por meio dessas iniciativas, pretendo atender às demandas de segurança atuais e me posicionar como um jogador-chave na formação de uma sociedade mais segura nos Estados Unidos”, finaliza.

Sobre o profissional:

Fábio Costa Barroso é bacharel em Direito pela Universidade Novos Horizontes, em Minas Gerais, e possui pós-graduação em Direito aplicado à Segurança Pública. Ao longo de sua carreira, dedicou mais de 15 anos à Polícia Militar de Minas Gerais. 

Website: https://premiumgmp.com/

Continuar Lendo

Notícias

Busca pela aparência movimenta mercado da estética

Uma pesquisa da ISAPS apontou que procedimentos cirúrgicos e não cirúrgicos tiveram aumento de 19,3%

Publicado

em

por

Belo Horizonte 12/4/2024 – a busca por tratamentos modernos e não-evasivos reflete a mudança de paradigma por resultados estéticos e métodos minimamente invasivos

Uma pesquisa da ISAPS apontou que procedimentos cirúrgicos e não cirúrgicos tiveram aumento de 19,3%

Uma pesquisa feita pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética – International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS), divulgou resultados sobre procedimentos estéticos/cosméticos, apontando um aumento geral de 19,3 % nos procedimentos feitos por cirurgiões plásticos em 2021, com mais de 12,8 milhões de métodos cirúrgicos e 17,5 milhões não cirúrgicos realizados no planeta. Ainda de acordo com a pesquisa, os cinco procedimentos mais comuns no mundo continuam sendo a lipoaspiração, o aumento dos seios, a cirurgia de pálpebras, a rinoplastia e a abdominoplastia. Já os não cirúrgicos são a toxina botulínica, o ácido hialurônico, a depilação, o lifting facial e a redução de gordura.

No Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), só em 2023 mais de 2 milhões de procedimentos foram realizados pela população brasileira, sendo que a lipoaspiração seguida das próteses mamárias foram os procedimentos mais procurados pelos pacientes.

No panorama da estética, de acordo com Simone Barros, fisioterapeuta dermatofuncional, fundadora da Clínica Simone Barros, em Belo Horizonte, “a busca por tratamentos modernos e não-evasivos reflete a mudança de paradigma por resultados estéticos e métodos minimamente invasivos”. E complementa dizendo que “essa direção reflete não apenas uma mudança nas expectativas do paciente, mas também uma valorização da individualidade”. 

Simone diz que, “na Clínica Simone Barros, nos últimos dois anos, os procedimentos mais procurados pelos pacientes incluem criolipólise, endolaser, ultraformer, radiofrequência, lavien, morpheus, depilação e laser”.

Clínica Simone Barros

Fundada em Belo Horizonte (MG), a Clínica Simone Barros presta serviços de estética e tem parcerias com médicos dermatologistas e nutricionistas. A clínica valoriza a saúde e o relacionamento com o paciente, além da estética. Cada caso é avaliado e tratado individualmente e o objetivo é superar as expectativas dos clientes.

Continuar Lendo

Em Alta

...