Conecte-se conosco

Poços de Caldas

Passeio ciclístico comemora Dia Sem Carro no domingo

Percurso vai até o Parque Ecológico da Zona Sul / Foto: Divulgação PMPC

Publicado

em

Para marcar a comemoração do Dia Mundial Sem Carro, haverá em um passeio especial que pode ser feito de bicicleta ou a pé no domingo (25). São dois percursos com saídas em horários diferentes.

A primeira saída vai ser às 8h30, do Estádio Ronaldão, e a segunda, às 9h, com início na Estação Fepasa. O destino do passeio é o Parque Ecológico da Zona Sul. Para participar, não é necessário realizar inscrição. Basta levar um quilo de alimento. Quem fizer a doação vai ganhar uma medalha. Os participantes vão contar ainda com brindes no local, shows, praça de alimentação e uma minicompetição para as crianças.

Percurso vai até o Parque Ecológico da Zona Sul / Foto: Divulgação PMPC

O evento é realizado pela Rádio Onda Poços e pela Associação de Ciclistas de Poços de Caldas, com apoio da Secretaria Municipal de Esportes e do Demutran (Departamento Municipal de Trânsito).

Shows

A programação musical no Parque Ecológico vai começar às 11h, com um tributo a Tim Maia. Às 14h30, é a vez da banda Covernation, e, às 16h, do grupo Daquele Jeito. A Secretaria de Esportes ressalta que não será permitida a entrada com coolers e materiais cortantes.

 

Por | Secretaria Municipal de Comunicação Social – Prefeitura de Poços de Caldas/MG

Poços de Caldas

Workshop do Crea-MG debate como cidades inteligentes melhoram qualidade de vida

Publicado

em

Foto: Divulgação

A projeção da população mundial para o ano de 2030 é de 8,5 bilhões e, para 2050, de 9,7 bilhões de pessoas, segundo relatório Perspectivas da População Mundial 2022, divulgado em julho deste ano pela ONU.  Os problemas inerentes a uma cidade populosa vão desde trânsito, destinação de lixo, uso de energia e água, até oferta suficiente de serviços públicos. Preparar-se para lidar com esses desafios é uma necessidade que precisa ser planejada. Neste contexto, as cidades inteligentes surgem como alternativa. Tradução da expressão em inglês smart cities, esse é um conceito baseado no uso da tecnologia para promover o bem-estar dos habitantes e o desenvolvimento socioeconômico, a partir de investimentos em mobilidade, qualidade de vida, sustentabilidade e governança.

Esse será o assunto principal do workshop Desenvolvimento Econômico Regional, promovido pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-MG), em Santa Rita do Sapucaí, no dia 09 de novembro de 2022. O evento, aberto ao público, será realizado no auditório do Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), às 15h, e vai contar com a presença de diversos segmentos da sociedade civil, além de conselheiros, inspetores e diretores do Conselho.

O presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Fernando Borges, ressalta a importância desse tipo de iniciativa, que viabiliza a troca de conhecimento no intuito de promover o bem-estar social coletivo. “O Vale da Eletrônica, como é conhecida Santa Rita do Sapucaí, é o lugar ideal para discutir como as cidades inteligentes podem ajudar o dia a dia das pessoas. Esse é um dos principais polos de tecnologia do país, que reúne diversas empresas e profissionais renomados, além do Inatel, referência no ensino da tecnologia”, destaca Lucio.

O Diretor de Relações Institucionais do Crea-MG, engenheiro eletricista Bruno Oliveira Monteiro, que também é professor do Inatel, vê a realização do evento como uma oportunidade de discutir como as novas tecnologias podem beneficiar ainda mais a população. Um exemplo é a tecnologia 5G, que começa a chegar às regiões do país e será determinante para a transformação das cidades inteligentes. “A quinta geração de rede de internet móvel permitirá maior volume de equipamentos conectados com melhor tempo de resposta do sistema. Significa que agora não tenho a conexão simplesmente do meu telefone com outro, mas, sim também com equipamentos, a chamada internet das coisas. Todos esses equipamentos conectados vão gerar um grande volume de dados. Essas informações vão poder, por exemplo, criar um certo tipo de serviço de saúde para determinado bairro que tenha uma demanda maior de uma ocorrência específica. Então, uma série de atividades podem surgir beneficiando a própria cidade”, ressalta Bruno.

Plenária – Ainda como parte das atividades do Crea-MG em Santa Rita do Sapucaí, será realizada, no dia 10 de novembro, a reunião Plenária, que ocorre, regularmente, em Belo Horizonte. O encontro vai reunir a diretoria e os conselheiros de todo o estado para deliberarem sobre assuntos envolvendo as profissões da engenharia, da agronomia e das geociências.

Serviço Workshop
Data: 09/11/2022
Horário: 15h
Local: Auditório do Inatel – Prédio I  – Av. João de Camargo, 510 – Santa Rita do Sapucaí.

 

Por | Ana Clara Machado – Assessoria de Imprensa – Crea-MG

Continuar Lendo

Poços de Caldas

Programa de Educação Ambiental da CBA premia projetos escolares de Poços de Caldas e região

Encerramento do Curso de Atualização em Educação Ambiental contou com apresentação de nove iniciativas. Em 21 anos de história, mais de 1.200 educadores já participaram do programa

Publicado

em

Educadores, gestores escolares e professores de nove escolas públicas de Poços de Caldas, Caldas e Divinolândia participaram da Culminância do Curso de Atualização em Educação Ambiental. A iniciativa compõe as ações do Programa de Educação Ambiental (PEA), da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), que tem o objetivo de fomentar a conscientização para conservação ambiental junto às comunidades.

Em parceria com a Ekoa, o tema do Curso de Atualização em Educação Ambiental de 2022 foi: “A retomada das aulas presenciais: a educação ambiental como ferramenta de integração”. Ao longo do ano, os professores desenvolveram projetos ambientais em suas escolas, com base nos conteúdos abordados.

A secretária Municipal de Educação de Poços de Caldas, Maria Helena Braga, reforça a necessidade de trabalhar a educação ambiental com crianças e adolescentes. “Elas aprendem na escola e levam o conhecimento e a experiência em sala de aula para dentro de casa, para seus familiares e amigos. Foi muito gratificante acompanhar a apresentação de iniciativas tão importantes em nossas escolas. Todos os projetos apresentados foram desenvolvidos com excelência”, ressalta.

No evento de encerramento, realizado na Unidade da CBA em Poços de Caldas, foram destacados os resultados de nove projetos educativos, avaliados por uma banca julgadora. As três principais iniciativas foram reconhecidas.

Em primeiro lugar, foi eleito o projeto “Pequenos Empreendedores”, proposto pela professora Quézia Pires Domingos Oliva, da Escola Municipal João Pinheiro, de Poços de Caldas. O objetivo do projeto foi orientar as crianças sobre noções de negócios e organização e como cuidar das finanças desde cedo.

Foto: Divulgação

“Para a realização da formatura dos nossos alunos, incentivamos o empreendedorismo para arrecadação de recursos financeiros. Eles tiveram uma experiência incrível, porque, além de aprenderem os cálculos, conheceram o funcionamento da reciclagem e o procedimento de formação e manutenção de uma horta. Fiquei muito feliz com o prêmio, pois reforça que estamos no caminho certo e ensinando temas importantes para nossos pequenos, que têm entre 10 e 11 anos”, comemora Quézia.

Foto: Divulgação

O projeto “Meio Ambiente: Repensando o Consumo – A escolha é sua!”, apresentado pelas professoras Edivânia Cristina Dias e Rosana Rosseto, da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) José Pereira da Silva, de Divinolândia, ficou em segundo lugar. A iniciativa também contou com a participação das professoras Adriana Bertolini, Daniela Faria e Natany Silva. O projeto reforça a importância do meio ambiente e a interferência humana, assim como contribui para a convivência com o meio ambiente, protegendo, conservando e garantindo condições de um futuro desejado por todos.

Foto: Divulgação

A terceira colocação ficou com o projeto “Reciclar Reutilizando”, que levou o aluno a repensar o próprio consumo, reduzir o que é consumido, reutilizar objetos, reciclar materiais e recusar produtos que sejam prejudiciais ao meio ambiente ou explorem o trabalho humano. A iniciativa foi apresentada pela professora Maria Helena de Lima, da Escola Municipal Wilson Hedy Molinari, de Poços de Caldas.

O gerente da Unidade de mineração da CBA em Poços de Caldas, Alexis Dias de Souza, enaltece a importância do curso e o envolvimento dos professores, alunos e comunidades escolares nos projetos deste ano.

“O Curso de Educação Ambiental já se consolidou como referência na capacitação e formação de educadores como agentes multiplicadores da conscientização ambiental. O programa ofereceu novas possibilidades de trabalhar a educação ambiental em um contexto de interdisciplinaridade, tornando o retorno das aulas presenciais mais atrativo e lúdico. Ficamos imensamente satisfeitos com o empenho dos professores e a mobilização das comunidades escolares nas iniciativas propostas”, pontua.

Programa de Educação Ambiental – PEA

Desenvolvido há 21 anos pela CBA, o PEA é uma iniciativa que tem o objetivo de disseminar a viabilidade ambiental da atividade minerária, por meio do conhecimento sobre o meio ambiente, além de ajudar na sua preservação, na sua utilização sustentável e na busca de valores que conduzam a uma convivência harmoniosa com o ambiente e demais espécies que habitam o planeta.

Desde o início de sua atuação, a iniciativa já contou com a participação de mais de 145 mil pessoas em Minas Gerais, onde a Companhia possui operações de lavra de bauxita.

Sobre a CBA

Desde 1955, a CBA – Companhia Brasileira de Alumínio – atua de forma integrada, da mineração ao produto final. Com capacidade de gerar 100% da energia consumida através de fontes renováveis, a CBA fornece soluções sustentáveis para os mercados de embalagens, transportes, automotivo, construção civil e bens de consumo, além de ser líder em reciclagem de sucata industrial de alumínio. Com a abertura de capital em 2021 (CBAV3), foi a primeira Companhia no segmento a ter ações negociadas na B3. Com receita líquida de R$ 8,4 bilhões em 2021 e R$ 1,5 bilhão de EBTDA ajustado no período, a CBA tem o compromisso de garantir a oferta de alumínio de baixo carbono em parceira com os stakeholders, desenvolvendo as comunidades em que está inserida e promovendo a conservação da biodiversidade. Quer saber mais? Acesse www.cba.com.br.

 

Por | Josiane Souza – Ideia Comunicação

Continuar Lendo

Poços de Caldas

Infraero assume gestão do aeroporto de Poços de Caldas

Publicado

em

Infraero assume, a partir de hoje, a administração do aeroporto local / Foto: Divulgação PMPC

A Prefeitura de Poços de Caldas contratou a Infraero para assumir a gestão administrativa e a operação do aeroporto Embaixador Walther Moreira Salles. Os serviços a serem prestados pela Infraero incluem o gerenciamento das tarefas de rotina essenciais ao funcionamento do terminal, bem como o atendimento aos requisitos estabelecidos nas legislações e normas vigentes.

A companhia ficará responsável por atividades como segurança aeroportuária, treinamentos obrigatórios, segurança operacional (SGSO), limpeza e conservação, serviços financeiros, manutenção, Tecnologia da Informação, entre outras. Cabe à Prefeitura a execução de obras e melhorias físicas no local, indicadas pela Infraero, caso necessárias.

Documento que passa a gestão para a Infraero foi assinado na tarde desta quinta, na Câmara / Foto: Divulgação PMPC

Além de assumir a operação aeroportuária, que inclui ações como fiscalização, vistoria e inspeção, a Infraero atuará no desenvolvimento da área comercial, com foco na comercialização e identificação de áreas internas e externas, na prospecção de atividades empresariais e na gestão dos contratos comerciais. Também fará um completo diagnóstico técnico da situação do aeroporto e a interlocução com os entes que compõem o sistema de aviação civil a fim de alavancar as operações locais. O prazo para prestação dos serviços é de 60 meses.

Infraero assume, a partir de hoje, a administração do aeroporto local / Foto: Divulgação PMPC

Sobre o aeroporto

O aeroporto Embaixador Walther Moreira Salles foi inaugurado em 1937. Com uma altitude de 1.260 metros, o aeroporto de Poços de Caldas é o segundo mais alto dentre todos os terminais de médio e grande porte do País. Sua pista possui 1.550 metros de comprimento e opera voos de aviação geral com aeronaves de pequeno e médio portes.

Infraero – Prestadora de Serviços

Prestes a completar 50 anos, a Infraero atua como braço executor de políticas públicas para a aviação civil, com a finalidade de implantar, administrar, operar e explorar industrial e comercialmente a infraestrutura aeroportuária. Sua rede é composta, atualmente, por 18 aeroportos e, agora, nove contratos de gestão e operação junto a estados e municípios.

A Companhia tem presença nacional e expertise consolidada para oferecer serviços de ponta-a-ponta da infraestrutura aeroportuária, ou seja, desde o projeto, passando pela obra de engenharia, manutenção, gestão e a própria operação, além de oferecer treinamento técnico e desenvolvimento de soluções digitais.

 

Por | Secretaria Municipal de Comunicação Social – Prefeitura de Poços de Caldas/MG e Assessoria Infraero

Continuar Lendo

Em Alta

...