Conecte-se conosco
PUC Minas obtém ótimo desempenho no IGC 2019 PUC Minas obtém ótimo desempenho no IGC 2019

Poços de Caldas

PUC Minas obtém ótimo desempenho no IGC 2019

PUC Minas Poços de Caldas / Foto: Divulgação

Publicado

em

A PUC Minas obteve, mais uma vez, ótimo desempenho no Índice Geral de Cursos (IGC), mantendo o conceito 4, em uma escala de avaliação que vai de 1 a 5. O resultado foi divulgado na última sexta-feira, 23 de abril, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação (MEC).

O IGC, indicador de qualidade que avalia as Instituições de Ensino Superior, é calculado anualmente, considerando a média dos Conceitos Preliminares de Curso (CPC) do último triênio, relativos aos cursos avaliados da instituição, ponderada pelo número de matrículas em cada um dos cursos computados. O Índice também considera a média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu atribuídos pela Capes na última avaliação trienal disponível, convertida para escala compatível e ponderada pelo número de matrículas em cada um dos programas de pós-graduação correspondentes; além da distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino, graduação ou pós-graduação stricto sensu.

O CPC, dado fundamental para o cálculo do IGC, é um indicador de qualidade dos cursos de graduação, calculado a partir da nota do Exame Nacional de desempenho dos Estudantes (Enade) e de outras informações, como perfil do corpo docente, infraestrutura e recursos didático-pedagógicos, entre outros.

O resultado relativo a 2019, divulgado pelo MEC em dezembro de 2020, avaliou 33 cursos da PUC Minas, sendo que 24 obtiveram o conceito 4  e nove o conceito 3, em escala de  1 a 5. Entre os cursos do Campus Poços de Caldas avaliados, quatro se sobressaíram, obtendo o conceito 4: Fisioterapia, Medicina Veterinária, Engenharia de Produção e Engenharia Elétrica.

 

Por | Assessoria de Imprensa – PUC Minas Poços de Caldas

Continuar Lendo
Anúncio
Clieque para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Poços de Caldas

Vereadores se reúnem com representantes do DNIT

Publicado

em

Vários vereadores se reuniram, na última semana, com representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). O objetivo do encontro, que aconteceu de forma remota, foi discutir melhorias na avenida Presidente Wenceslau Braz.

Segundo o vereador Douglas Dofu (DEM), que agendou a reunião e convidou os demais vereadores, foi um momento de esclarecer dúvidas e apresentar as demandas de Poços de Caldas, em especial da avenida Wenceslau Braz. “É uma via de fluxo intenso e há necessidade de intervenções urgentes, tendo em vista os muitos acidentes que vêm ocorrendo, inclusive com vítimas fatais. Os trevos necessitam de uma sinalização eficiente e pudemos levar isso ao conhecimento do DNIT. O superintendente explicou que se trata de uma rodovia federal, mas que possui características urbanas, então o ideal seria que o trecho que corta a cidade fosse municipalizado. Mas, de início, o DNIT vai verificar o contrato de manutenção da via para viabilizar melhorias de serviço e sinalização”, explicou.

O parlamentar ressaltou, ainda, que as demandas serão apresentadas também ao Executivo para que o município encaminhe ao órgão, de forma, oficial, todas as reivindicações. “O vereador Flavinho se prontificou a levar isso à Prefeitura. Foi uma reunião muito proveitosa e, a partir de agora, ações serão tomadas. É fundamental realizar um estudo completo do trecho. O planejamento urbano, plano de mobilidade urbana e organização para um crescimento ordenado da cidade são fundamentais para se pensar o futuro desta importante via”, afirmou.

Participaram da reunião os vereadores Douglas Dofu, Flávio Togni (PSDB), Luzia Martins (PDT), Kleber Silva (Novo), Claudiney Marques (PSDB), Marcelo Heitor (PSC), Lucas Arruda (Rede), Regina Cioffi (PP) e Tiago Braz (Rede). Representando o DNIT, participaram Ronan Lana Alves Moreira, engenheiro da área de Gestão Estratégica, Carlos Eduardo Batista, chefe do Serviço de Operações Terrestres, e Gustavo Boerger, superintendente. Também acompanharam o debate Carolina Vespúcio, chefe de gabinete de Infraestrutura do Estado de Minas Gerais, e Ana Luíza de Aguiar, assessora do gabinete de Infraestrutura, convidadas pelo vereador Kleber Silva.

 

Por | Assessora de Imprensa – Câmara Municipal de Poços de Caldas/MG

Continuar Lendo

Poços de Caldas

Unidades da Rede Municipal de Ensino devem apresentar Plano de Ação para retorno às aulas presenciais

Publicado

em

Foi publicada, no Diário Oficial do Município da última sexta-feira (14), a Resolução nº 001/2021 da Secretaria Municipal de Educação de Poços de Caldas, que dispõe sobre a elaboração de Plano de Ação para o retorno às aulas presenciais com biossegurança da Rede Municipal de Ensino, considerando as orientações do “Protocolo de volta às aulas com biossegurança”, elaborado pelo Comitê Municipal Extraordinário para Volta às Aulas.

Pela resolução, assinada pela Secretária Municipal de Educação, Maria Helena Braga, as unidades escolares da Rede Municipal de Ensino deverão elaborar o referido Plano de Ação para o retorno às aulas presenciais com biossegurança. Os Planos de Ação serão protocolados pelos gestores das instituições escolares municipais, até o dia 4 de junho, na Secretaria Municipal de Educação.

“O objetivo é que cada unidade elabore um plano de ação condizente com as condições estruturais e logísticas, de forma a garantir a segurança de toda a comunidade escolar quando da volta às aulas presenciais, independente da data de retorno”, destaca a Secretária Municipal de Educação, Maria Helena Braga.

O Plano de Ação deve conter as estratégias de cada unidade escolar, de acordo com a realidade local, para o retorno gradual das atividades presenciais, levando-se em conta os aspectos dos três eixos contidos no protocolo: Redução dos riscos sanitários; Acolhimento e proteção social; e Apoio pedagógico.

Assim que autorizado o retorno das aulas presenciais pelo Comitê Municipal Extraordinário do Plano de Contingenciamento em Saúde do Coronavírus e pelo prefeito Sérgio Azevedo, as unidades escolares seguirão o Plano de Ação para o retorno às aulas presenciais com biossegurança protocolado na SME.

A Resolução 001/2021 da Secretaria Municipal de Educação está disponível no Diário Oficial do Município da última sexta-feira (https://bit.ly/3bsFymT).

 

Por | Secretaria Municipal de Comunicação Social – Prefeitura de Poços de Caldas/MG

Continuar Lendo

Poços de Caldas

Secretaria de Cultura lança Consulta Pública para os editais 2021

Publicado

em

Foto: Divulgação PMPC

Com o intuito de aprimorar os editais de fomento à cultura no município, a Secretaria de Cultura lançou, na última semana, uma consulta pública junto às Câmaras Setoriais do Conselho de Políticas Culturais e agentes culturais de Poços de Caldas, pela qual será possível avaliar os editais executados e sugerir modificações para as publicações futuras.

O questionário foi disponibilizado via formulário do Google e está sendo encaminhado para todos os e-mails dos participantes dos editais 2020 cadastrados na Secult (disponível neste link https://forms.gle/SVKNz8VSRg29FnjY6). Para participar, os artistas e produtores culturais devem fornecer informações como nome, e-mail e principal área de atuação artística.

Na consulta, será possível avaliar o nível de satisfação com os Editais de 2020 (Poços Curte em Casa e Lei Aldir Blanc), fazer sugestões de alteração e indicar se o agente cultural prefere um edital amplo contemplando todas as áreas ou publicações específicas para cada área. Também constam no formulário questões sobre os modelos de pagamento de artistas e produção, número de participantes remunerados, participação de artistas convidados e se houve alguma dificuldade na contratação de técnicos audiovisuais, por exemplo.

Artistas e agentes culturais poderão opinar, ainda, sobre os formulários de inscrição, indicando dificuldades de interpretação e preenchimento. Outro ponto que integra a pesquisa e poderá ser avaliado pelos participantes é a presença de ações afirmativas que visam contemplar igualdade de oportunidades para mulheres, diferentes identidades de gênero, negros e indígenas nos editais da Secult.

“Em estreita colaboração com o Conselho Municipal de Política Cultural, a consulta pública é mais um mecanismo de participação e escuta qualificada dos agentes culturais sobre as políticas voltadas para o setor, em âmbito municipal. Nossa proposta é que os artistas e fazedores de Cultura de Poços de Caldas nos auxiliem na avaliação dos editais executados, de forma a fornecer dados que nos orientem na elaboração dos editais futuros, sempre pensando no aprimoramento das iniciativas da Secult”, destaca o secretário municipal de Cultura, Gustavo Dutra.

Neste sentido, a Secult desenvolveu o levantamento “Cultura em Números”, ferramenta que será utilizada nas tomadas de decisão para subsidiar, impulsionar e garantir a aplicação de recursos no setor cultural, em âmbito municipal, além da participação de cada agente cultural na consulta pública. O “Cultura em Números” está disponível neste link https://bit.ly/3uZjoR1.

 

Por | Secretaria Municipal de Comunicação Social – Prefeitura de Poços de Caldas/MG

Continuar Lendo

Em Alta

...