Conecte-se conosco

Poços de Caldas

PUC Minas Poços de Caldas doa 2 mil ampolas de medicamento para intubação à Secretaria de Saúde

Foto: Fernanda Garcia (ASSCOM PUC Poços)

Publicado

em

Investimento da Universidade na rede pública em 2021 já supera meio milhão de reais

A PUC Minas Poços de Caldas entregou, nesta terça-feira, 8 de junho, 2 mil ampolas de brometo de rocurônio à Secretaria de Saúde do município. Este medicamento pode ser utilizado em procedimentos como intubação e respiração artificial, frequentes no tratamento da Covid-19. Com esta aquisição, a Universidade atende a mais uma solicitação do órgão público baseada no plano de contrapartida firmado desde a abertura do Curso de Medicina do Campus.

A compra das 2 mil ampolas de brometo de rocurônio totalizou R$ 132 mil. Com isso, o investimento da PUC Minas em equipamentos e insumos farmacêuticos destinados à rede pública de Poços de Caldas em 2021 já superam meio milhão de reais. No ano anterior, um aporte de R$ 1,2 milhão foi aplicado em unidades municipais vinculadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) e, com ênfase, no Hospital de Campanha, estrutura fundamental para o combate à pandemia na região.

Foto: Fernanda Garcia (ASSCOM PUC Poços)

“Os medicamentos disponibilizados agora à Secretaria de Saúde se somam a importantes doações feitas recentemente pela Universidade, como os respiradores hospitalares de alta tecnologia entregues no início de maio. Na medida em que atendem às demandas da rede pública, estes investimentos têm contribuído para auxiliar a população da região, especialmente no enfrentamento da crise sanitária”, explica o pró-reitor adjunto da PUC Minas Poços de Caldas, prof. Iran Calixto Abrão.

Além de ser utilizado em procedimentos anestésicos que antecedem a intubação traqueal, o brometo de rocurônio é indicado para garantir o relaxamento muscular durante cirurgias e facilitar a respiração artificial de pacientes em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), por exemplo. O medicamento, bem como outros materiais e equipamentos doados neste ano, contribui para suprir necessidades características do contexto da pandemia.

O secretário de Saúde do município, Carlos Mosconi, ressalta que o brometo de rocurônio integra o chamado “kit intubação”, conjunto de medicamentos administrados ao longo deste procedimento. “A PUC Minas Poços de Caldas prontamente atendeu nossa solicitação e foi muito ágil na aquisição desses medicamentos, que dão a nós uma segurança, uma vez que eles poderão ser utilizados pela nossa rede e pelos hospitais credenciados. Mais uma vez, a PUC demonstra sua disposição para esta parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, que tem sido extremamente benéfica para a população. Nossos agradecimentos à PUC e nosso reconhecimento pela sua eficiência e sensibilidade”, destaca.

O plano de contrapartida entre a PUC Minas e a Secretaria de Saúde, vinculada à Prefeitura de Poços de Caldas, se estabeleceu em 2017, quando foi instalado o Curso de Medicina do Campus. As ações vão além dos aportes financeiros, viabilizando a inserção da comunidade acadêmica na rede pública de saúde municipal, de modo a qualificar a formação de profissionais e a oferta de serviços à população.

 

Por | Assessoria de Imprensa – PUC Minas Poços de Caldas

Poços de Caldas

Vacina contra Influenza segue disponível em Poços

Publicado

em

Vacina contra Influenza segue disponível em Poços
Foto: Reprodução da internet

A vacinação contra Influenza ampliada para toda a população, a partir de 6 meses de idade. Gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), crianças de 6 meses até menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), idosos a partir de 60 anos e profissionais de saúde que ainda não se vacinaram contra Influenza podem se dirigir a uma das 17 salas de vacina disponíveis para receber o imunizante.

Documentos

Para a vacinação é necessário levar documento de identidade, CPF, Cartão do SUS e Carteira de Vacinação

Para os profissionais de saúde, também é exigido comprovação de vínculo ativo no ato da vacinação. Confira os documentos que podem ser utilizados: alvará sanitário, carteira de trabalho, MEI (microempreendedor individual) e ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza).

Confira todas as salas de Vacina que aplicarão o imunizante contra Influenza das 08h às 16h30:

Sala de Vacina da Policlínica Central – Av. Francisco Salles, s/n
PSF Santa Augusta – Rua Prof. Nicolina Bernardes,230- Santa Augusta
UBS São Jorge – Av. Antônio Togni, nº 2055 – Vila Cruz
PSF Ponto da Cascata – Rua Vicente Miranda, nº229 – Marco Divisório
PSF Kennedy I – Rua Pirita, nº 116 – Jd. Kennedy
PSF Kennedy II – Rua Estanho,nº 195 – Jd. Kennedy
PSF São José – Rua Profa. Lourdes Mourão, s/n Jd.. Centenário
PSF Cascatinha – Rua Rui Barbosa, nº 191 – Jd. Cascatinha
PSF Sta. Rosália – Praça Dr. Antenor Damini, nº 233 – Santa Rosália
PSF Vila Nova – Rua Antônio Pereira Guimarães, nº 299 – Vila Nova
PSF Dom Bosco – Rua Francisco Cantos Davo, s/n- Jd. Formosa
PSF Nova Aurora – Rua Benedita Costa Lucas, nº 60 – Jd. Ipê
PSF Jd. São Paulo – Rua Jaguari , nº 15 Jd. São Paulo
PSF Pq. Pinheiros – Rua Victor Emanuel Imesi, s/n – Pq. Pinheiros
PSF Itamaraty – Av. Maria Rita Lopes Pontes, nº 380 – Itamaraty III
PSF Caio Junqueira – Rua Jatobá, nº 262 – Caio Junqueira
PSF Quissisana – Rua Geni Vilas Boas Tardelli, nº50 – São José
PSF Zona Rural (Equipe volante)

 

Por | Secretaria Municipal de Comunicação Social – Prefeitura de Poços de Caldas/MG

Continuar Lendo

Poços de Caldas

Fisioterapeuta graduado na PUC Minas Poços de Caldas atua nas Olimpíadas 2020

Tiago Testa integra comitiva da Seleção Brasileira de Natação nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Publicado

em

Fisioterapeuta graduado na PUC Minas Poços de Caldas atua nas Olimpíadas 2020

Fisioterapeuta Tiago Testa nas Olimpíadas 2020 / Arquivo Pessoal / Foto: Divulgação

Após adiamento ocasionado pela pandemia de Covid-19, os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 finalmente têm início. A cerimônia oficial de abertura ocorre nesta sexta-feira, 23 de março, mas as competições já começaram — revelando não só o talento dos atletas, mas também dos profissionais de inúmeras especialidades que contribuem para extrair o melhor rendimento a cada largada. Um exemplo é o fisioterapeuta Tiago Testa, graduado na PUC Minas Poços de Caldas, que acompanha a Seleção Brasileira de Natação.

Aos 36 anos, o profissional vê este momento como a realização de um sonho. “Somos privilegiados porque, de certa forma, entramos para a história. É uma Olimpíada ímpar”, avalia, referindo-se aos desafios de realizar um evento de tal magnitude em meio a uma crise sanitária mundial. Mesmo repleta de protocolos de segurança, a rotina intensa na Vila Olímpica não abala a satisfação em estar lá, com uma sensação que ele descreve como a melhor possível.

Natural de Guaratinguetá, no interior paulista, Tiago ingressou no Curso de Fisioterapia da PUC Minas Poços de Caldas em 2003. Em 2009, após concluir a graduação, mudou-se para São Paulo para fazer uma especialização em Aparelho Locomotor no Esporte pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Atuou profissionalmente em projetos da área e, em 2013, começou a trabalhar no Esporte Clube Pinheiros, o maior clube poliesportivo da América Latina.

Esta oportunidade abriu caminhos que conduziram o fisioterapeuta até a Seleção Brasileira de Natação. Tiago relata que esta relação profissional teve início em 2015, na ocasião do Campeonato Mundial Júnior da modalidade. No ano seguinte, atuou em jornadas esportivas nos Estados Unidos e na aclimatação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, mas não chegou a participar diretamente do evento mundial. A vontade de estar lá o motivou a seguir no ofício e conquistar um lugar nas Olimpíadas de Tóquio, munido de experiências coletadas em campeonatos dos mais variados países ao longo dos anos.

“Em competições, os fisioterapeutas estão entre os primeiros a chegar e os últimos a ir embora. Somos responsáveis pela montagem do espaço de atendimento, que chamamos de quartel general ou QG. Lá, temos que proporcionar conforto e demonstrar total respeito e confiança com os atletas para que possam fazer seu trabalho”, explica. O trabalho ao qual se refere envolve uma série de etapas, como aquecimento, concentração e recuperação do desgaste físico ou eventuais lesões ocorridas nas disputas.

O amplo espectro de atuação dos fisioterapeutas no esporte torna-os facilitadores, na visão de Tiago. Ele entende que o seu trabalho contribui para tornar o processo mais leve para os atletas, de modo que consigam se divertir mesmo nos momentos de maior tensão. A emoção levada ao público é, certamente, uma medalha para estes profissionais, que faz valer a pena todo o investimento e sacrifício direcionado à busca de um desempenho olímpico.

Pessoas interessadas em trilhar a carreira de Fisioterapia contam com a oferta atual do Curso na PUC Minas Poços de Caldas. As inscrições no Processo Seletivo Simplificado para ingresso já no segundo semestre de 2021 seguem abertas, por meio do site pucminas.br/vestibular. A Universidade oferece ainda diversos outros cursos de graduação e pós-graduação, inclusive na área da Saúde, em que o Campus no Sul de Minas se fortalece como polo de referência. Para mais informações, acesse: pucpcaldas.br.

 

Por | Assessoria de Imprensa – PUC Minas Poços de Caldas

Continuar Lendo

Poços de Caldas

Hospital Santa Lúcia recebe respiradores doados pela PUC Minas Poços de Caldas à Secretaria de Saúde

Doação recente da Universidade inclui mil ampolas de medicamento do kit intubação, utilizado na rede pública municipal

Publicado

em

A PUC Minas Poços de Caldas entregou à Secretaria de Saúde da cidade, neste mês, novos equipamentos e insumos farmacêuticos adquiridos pela Universidade. As doações recentes incluem três respiradores hospitalares, que foram encaminhados pelo órgão público ao Hospital Santa Lúcia nesta semana, e mil ampolas de enoxaparina sódica em solução injetável, um dos medicamentos que compõem o kit intubação.

Para estas aquisições, foi feito um investimento de R$ 211.730,00. Esta doação se soma a outras que a PUC Minas tem feito à rede pública em 2021, com um aporte acumulado superior a 700 mil reais apenas neste ano. Todo este valor foi utilizado na compra de materiais solicitados pela Secretaria de Saúde, levando em conta as principais necessidades atuais do município, especialmente no enfrentamento da pandemia de Covid-19.

Medicamentos – Crédito Fernando Pereira (Asscom PUC Minas)

“A Universidade adquiriu três novos respiradores solicitados pela Secretaria de Saúde, que foram encaminhados ao Hospital Santa Lúcia para atendimento pelo Sistema Único de Saúde, e também alguns medicamentos do kit intubação. Esta é mais uma ação do plano de contrapartida e é muito importante a nossa parceria com o município e todas as unidades da sua rede vinculada ao SUS, especialmente os hospitais”, relata o pró-reitor adjunto da PUC Minas Poços de Caldas, prof. Iran Calixto Abrão.

Entrega dos respiradores à Prefeitura – Crédito Fernanda Garcia (Asscom PUC Minas)

O plano de contrapartida foi firmado em 2017, com a abertura do Curso de Medicina do Campus. Desde então, importantes investimentos têm sido realizados pela Universidade, com destaque para o aporte de R$ 1,2 milhão em 2020, aplicado em unidades básicas do SUS e no Hospital de Campanha. A parceria tem viabilizado ainda a inserção dos acadêmicos na rede municipal de saúde, com atendimentos gratuitos à população em diversas especialidades.

Respiradores hospitalares se destacam entre as aquisições de 2021. Ao todo, foram oito os equipamentos deste tipo doados à Secretaria de Saúde neste ano. Cinco deles foram destinados, em maio, à Santa Casa e, agora, outros três passam a ser utilizados pelo Hospital Santa Lúcia em atendimentos do SUS. As doações recentes da Universidade incluem ainda outros medicamentos do kit intubação, milhares de litros de álcool, um freezer, termômetros e coletores.

“A doação destes respiradores é de extrema importância, pois são de qualidade muito avançada. Esses novos equipamentos são mais fortes, principalmente para pacientes mais graves. A parceria entre a PUC e a Secretaria de Saúde é sempre muito benéfica para a população”, enfatiza o secretário de Saúde do município, Carlos Mosconi.

Na avaliação técnica da Secretaria de Saúde, os respiradores doados estão entre as melhores opções do mercado e devem proporcionar uma significativa melhoria no atendimento. Suas principais funcionalidades incluem modos ventilatórios avançados e informações visuais e gráficas da mecânica ventilatória dos pacientes. Os equipamentos serão usados prioritariamente no combate à Covid-19 e, futuramente, no tratamento de outras enfermidades.

“Em meio à pandemia, a demanda por respiradores disparou e os mesmos são fundamentais no tratamento de pacientes com dificuldades respiratórias graves. O Hospital Santa Lúcia — Hospital do Coração agradece a PUC e a Secretaria Municipal de Saúde pela doação realizada”, destaca o diretor do Hospital Santa Lúcia, Assad Aun Netto.

 

Por | Assessoria de Imprensa – PUC Minas Poços de Caldas

Continuar Lendo

Em Alta

...