Conecte-se conosco

Regional

Em Poços: Faça como o produtor Mauro Rosa e seja um “amigo doador” do Banco de Alimentos

Publicado

em

Faça como o produtor Mauro Rosa e seja um “amigo doador” do Banco de Alimentos

O produtor rural Mauro Rosa, do município de Bandeira do Sul, dá o exemplo: “Nós produtores devemos fazer a nossa parte e doar para o Banco de Alimentos, que fornece para várias entidades”. Nesta semana, ele doou 326 kg de abóbora e 402 kg de mandioca para o Banco de Alimentos de Poços de Caldas.

Os produtos estavam fora do padrão de comercialização, mas em condições adequadas para o consumo. “É muito importante nós produtores nos conscientizarmos sobre isso e não deixarmos perder a mercadoria. É uma mercadoria que seria destruída porque não serve para a comercialização, mas para o consumo está em perfeitas condições. Estamos felizes porque vai matar a fome de muitas pessoas”, conta Rosa.

Faça como o produtor Mauro Rosa e seja um “amigo doador” do Banco de Alimentos

O coordenador da Divisão de Segurança Alimentar da Secretaria Municipal de Promoção Social, José Porto, informa que, na maioria das vezes, os doadores levam as doações até o local, mas, se necessário, a equipe do Banco de Alimentos pode fazer a retirada.

“Nossa meta é ampliar as doações para que possamos beneficiar cada vez mais pessoas. Vamos intensificar as ações de divulgação do Banco de Alimentos para que mais gente possa se tornar um ‘amigo doador’ e fazer a diferença na vida das pessoas”, destaca o coordenador.

O que é?

O Banco de Alimentos de Poços de Caldas é um equipamento da política de segurança alimentar que tem como objetivo captar e distribuir gêneros alimentícios provenientes da agricultura familiar, entre frutas, legumes e verduras, além de estimular o melhor aproveitamento e a redução do desperdício de alimentos, buscando promover a circulação e o abastecimento alimentar, garantindo o direito à alimentação adequada.

O Banco de Alimentos tanto pode adquirir produtos dos pequenos agricultores, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), ou receber doações dos próprios produtores, dos comerciantes do Centro de Abastecimento de Poços de Caldas (CEASA) e de pessoas e instituições parceiras.

Quem são os beneficiados?

O equipamento atende, semanalmente, 36 entidades socioassistenciais do município, fornecendo frutas, verduras e hortaliças. Ou seja, os alimentos são utilizados na preparação das refeições servidas em diversas instituições, com o Hospital da Santa Casa, por exemplo.

Além disso, 130 famílias cadastradas recebem a Cesta Verde, auxílio-alimentação que conta com a distribuição de cestas com legumes, hortaliças e frutas, fornecidas quinzenalmente, como forma de complementação das refeições. Têm direito ao benefício famílias com renda per capta inferior a ¼ do salário mínimo e que tenham alguma pessoa em situação de insegurança alimentar, como portadores de doenças crônicas não transmissíveis como diabéticos, hipertensos, obesos e desnutridos. Para receber a Cesta Verde, é necessário laudo médico, do nutricionista e parecer técnico-social do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Como posso ajudar?

Sua contribuição será utilizada para garantir o acesso a alimentos para 36 entidades e mais de 130 famílias. Para fazer sua doação é fácil. Basta leva os gêneros alimentícios até a sede do Banco de Alimentos, onde será realizado o cadastro de Amigo Doador. As doações são voluntárias, conforme a disponibilidade/oferta dos doadores.

Onde é?

O Banco de Alimentos de Poços de Caldas está localizado na Avenida Presidente Wenceslau Braz, 2.222, nas imediações do CEASA. Mais informações estão disponíveis no site. O telefone de contato é o 3697-2279.

 

Por | Secretaria Municipal de Comunicação Social – Prefeitura de Poços de Caldas/MG

Regional

Lei seca é revogada

Publicado

em

Lei seca é revogada e serviços não essenciais estão autorizados a fazer entrega de produtos na porta do estabelecimento.

O Comitê Extraordinário Covid-19 divulgou nesta sexta-feira (09), nova resolução sobre as medidas de enfrentamento à pandemia no município de Poços de Caldas.

Fica revogada a lei seca que havia sido determinada no dia 25 de março. Os estabelecimentos estão autorizados a vender bebidas alcoólicas, mas está vetado o consumo no local.

Horário de serviços essenciais

Os serviços considerados essenciais estão autorizados a funcionar com retirada no balcão das 5h às 20h, todos os dias da semana. Está mantida a proibição de consumo de bebidas ou alimentos nos estabelecimentos ou mesmo arredores.

Serviços não essenciais

Os serviços que não são considerados essenciais voltam a poder fazer a entrega para o cliente na porta do estabelecimento, das 5h às 20h. Fica proibida a negociação ou demostração de produtos no local. Toda a compra e escolha de produtos devem ser feitas pelo aplicativo, internet ou telefone.

Shoppings e galerias comerciais

Nos shoppings e galerias comerciais poderão funcionar supermercado, mercado, agência bancária, casa de câmbio, farmácia, consultórios ou clínicas de saúde, assessoria jurídica e escritórios de contabilidade.

Mercado municipal

No mercado municipal os serviços essenciais (mercearias, hortifrutigranjeiros, açougue e peixarias) poderão fazer a entrega do produto do cliente no balcão. Os serviços não essenciais também poderão funcionar com retirada no balcão, desde que a negociação seja feita pelo aplicativo, internet ou telefone. Nos dois casos,  é proibida a degustação ou consumo de produtos no local.

Atividades liberadas para funcionar 24h

-Postos de combustíveis; hospitais; farmácias; imprensa; táxi e mototáxi; transporte de entrega de cargas; transporte coletivo público; serviços funerários; clínicas de fisioterapia; consultórios médicos e odontológicos; lojas de materiais clínicos e hospitalares; supermercados e mercados; açougue e peixarias; hortifrutigranjeiros: padaria; lanchonetes; comércio de alimentos para animais; comércio de água mineral; setores industriais; assistência veterinária e pet shop.

Confira a lista dos estabelecimentos que poderão promover a entrega de produtos no balcão de atendimentolista_cnae_mc_roxa

Por | Secretaria Municipal de Comunicação Social – Prefeitura de Poços de Caldas/MG

Continuar Lendo

Regional

Em Poços: Prefeitura apresenta na Câmara proposta de IPTU sem reajuste para 2021

Publicado

em

Foto: Divulgação PMPC

Aconteceu na Câmara de Vereadores nesta quarta-feira (07), a Audiência Pública para tratar sobre o Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU. O secretário da fazenda Alexandre Lino participou da audiência e apresentou as propostas do executivo a serem apreciadas pelos vereadores.

Entre os principais eixos apresentados para o IPTU 2021, está a proposta de não reajustar o imposto para este ano, ou seja, o valor a ser pago será o mesmo que o de 2020, sem nenhum aumento.

Haverá também o tradicional desconto em Cota Única, mas com outra novidade, a porcentagem de desconto, que no ano passado era de 3%, será maior, incentivando assim o pagamento à vista e com maior redução.

“Foi uma ótima audiência pública e nossas propostas foram muito bem aceitas pelos Vereadores. Vamos aguardar a votação a ser realizada na próxima semana, para que possamos dar andamento nos trâmites.” Aponta o Secretário da Fazenda, Alexandre Lino.

Quanto a entrega dos carnês, a expectativa é que comecem a ser distribuídos no mês de Maio com vencimento para Junho de 2021. Além da distribuição, assim como no ano passado, a população poderá também pagar seu IPTU pelo aplicativo Cidadão Online, assim que forem gerados no mês de Maio.

Outras informações podem ser obtidas pelos telefones: 3697-5057/3697-5050

 

Por | Secretaria Municipal de Comunicação Social – Prefeitura de Poços de Caldas/MG

Continuar Lendo

Regional

Governo estadual mantém Poços na onda roxa até o dia 18 de abril

Publicado

em

Governo estadual mantém Poços na onda roxa até o dia 18 de abril

O Comitê Estadual Covid-19, grupo que se reúne semanalmente para avaliar a evolução da pandemia no estado, divulgou  nesta quinta-feira (08), que a maioria das regiões, inclusive o sul de Minas, seguirá na onda roxa de restrições por mais uma semana, até o dia 18 de abril (domingo que vem).

Em todo o Estado, estão enquadradas na onda vermelha, com menos restrições, as macrorregiões do Triângulo do Norte (Patrocínio, Monte Carmelo, Araguari) e a  macrorregião do Triângulo Sul (Uberaba, Araxá).

A Onda Roxa, a qual Poços está inserida, mantém proibida a circulação de pessoas sem o uso de máscara de proteção, em qualquer espaço público ou de uso coletivo, ainda que privado.

Os serviços que não são considerados essenciais estão proibidos de realizar entregas na porta dos estabelecimentos. Eles poderão trabalhar exclusivamente na modalidade delivery (entrega direto na casa do consumidor).

Nesta sexta-feira (09) o Comitê Extraordinário Covid-19 de Poços de Caldas vai se reunir e avaliar  o quadro da pandemia no município. Qualquer atualização será divulgada pelos canais oficiais da prefeitura.

 

Por | Secretaria Municipal de Comunicação Social – Prefeitura de Poços de Caldas/MG

Continuar Lendo

Em Alta

...