Conecte-se conosco

Regional

Alcoa investe R$ 2,2 milhões em ações sociais em Poços de Caldas e região

Publicado

em

Mesmo diante deste cenário inesperado, os resultados dos investimentos sociais foram excelentes

Recursos foram direcionados a projetos, voluntariado (ACTIONs) e outras ações para ajudar no enfrentamento de enchentes e da pandemia, beneficiando milhares de pessoas de Poços de Caldas (MG), Andradas (MG) e Divinolândia (SP).

O ano de 2020 foi atípico e fez a Alcoa rever toda a programação das ações sociais, visando adequá-las ao distanciamento social e direcionar parte dos recursos financeiros para o enfrentamento da COVID-19. Mesmo diante deste cenário inesperado, os resultados dos investimentos sociais foram excelentes e beneficiaram milhares de pessoas. Só em Poços de Caldas (MG), Andradas (MG) e Divinolândia (SP), onde a Empresa possui operações, foram investidos R$ 2.232.074,32, recursos da Alcoa Foundation, Instituto Alcoa e da própria localidade, que viabilizaram cinco projetos comunitários, cinco ações voluntárias (ACTIONs), projetos de educação (Atados e Ecoa) e de engajamento. Também foram direcionados recursos para cidades de Minas Gerais e Divinolândia, para ajudar a população atingida pelas enchentes do início de 2020. Para o enfrentamento da COVID-19 foram doados R$ 1.061.954,78 referentes à aquisição de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) para as Santas Casas de Poços de Caldas e de Andradas; de equipamentos para a montagem de leitos de isolamento na Santa Casa de Poços de Caldas; leitos de isolamento, equipamentos, mobiliário e medicamentos para o Hospital de Campanha de Poços de Caldas, e de equipamentos para modernização da rede elétrica da Santa Casa de Poços de Caldas. Ainda foi apoiada a veiculação de teleaulas na TV Poços, para alunos da rede pública de ensino, e desenvolvido o projeto Máscara + Renda, em parceria com a Rede Asta e a Fundação Vale, que atendeu 18 costureiras do bairro Jardim Kennedy, Zona Sul de Poços de Caldas. Além da geração de renda para essas mulheres, as 27 mil máscaras de tecido produzidas foram doadas para dez organizações locais distribuírem entre a população atendida.

“O ano de 2020 ficará marcado para sempre, pois exigiu que as empresas e cada um de nós fizéssemos muito mais, cuidássemos ainda mais de nós, do outro e da comunidade. Nossos voluntários, novamente, fizeram a diferença. Apesar de todos os desafios, eles se reinventaram e usaram de toda a criatividade para ajudar a comunidade, na maioria das vezes remotamente, garantindo os excelentes resultados das nossas ações sociais”, destacou Walmer Rocha, gerente de Operações da Alcoa em Poços de Caldas. “Obrigado a todos”.

Projetos aprovados recebem cheques simbólicos

Representantes das cinco instituições beneficiadas com projetos no Edital do Programa de Apoio a Projetos Locais 2020 do Instituto Alcoa participaram, no dia 27 de janeiro, de uma cerimônia virtual para marcar a entrega dos cheques simbólicos. O evento foi realizado via Teams, com a participação de Walmer Rocha, gerente de Operações da Alcoa Poços de Caldas; Tatiana Bizzi, diretora executiva do Instituto Alcoa, Monica Espadaro, gerente de Projetos do Instituto Alcoa, e Maria Cristina Gonçalves, Graziela Loures e Elivelton Ferraz, de Assuntos Institucionais, também da Unidade de Poços de Caldas.

Foi doado um total de R$ 459.355,54 para os projetos Conectados para o Saber (Adefip – Associação dos Deficientes Físicos de Poços de Caldas), Teatro Digital – Residência Artística Conscius Dementia (Gramelô – Produções Culturais), Rádio Traquinagem (Associação Casa da Árvore), CapacitAção (Assosul – Associação dos Catadores e Separadores de Material Recicláveis de Poços de Caldas) e Elas por Elas (APHAS – Associação de Promoção Humana e Ação Social), atendendo aos focos de Educação, Geração de Trabalho e Renda e Apoio em Tempo de Pandemia.

“O apoio da Alcoa ao nosso projeto colocará a Adefip em outro patamar”, contou Larisse Junqueira Mendes de Carvalho, Coordenadora Técnica da instituição. “Ele irá abrir um leque de oportunidades de inclusão de pessoas com deficiência nas escolas regulares – um direito garantido por lei – com qualidade e excelência, por meio da capacitação de educadores e outros profissionais que trabalham nessa área. Os cursos, preparados pelos profissionais da Adefip, serão gratuitos e oferecidos em uma plataforma de ensino a distância, o que permitirá atender pessoas de todo o país”.

 

Sobre a Alcoa Brasil
Líder mundial no setor em produtos de bauxita, alumina e alumínio, com um forte portfólio de produtos de fundição, laminação e ativos de energia significativos. A Alcoa opera com excelência e inovação dentro do setor no qual é pioneira, desde a revolucionária descoberta que fez do alumínio uma parte vital e acessível da vida moderna, há 130 anos. Segue resiliente e impulsionada pelos seus valores de integridade, respeito às pessoas e excelência operacional, e orgulhosa de contribuir para o desenvolvimento e a sustentabilidade das comunidades em que atua. A Alcoa possui três unidades produtivas, em Minas Gerais, Maranhão e Pará, escritórios em São Paulo, Poços de Caldas e Distrito Federal, além de participação acionária na Mineração Rio do Norte (MRN) e em quatro usinas hidrelétricas: Machadinho, Barra Grande, Serra do Facão e Estreito.
Por | Alcoa.com

Regional

Curso gratuito é oferecido para profissionais de turismo de Poços

Publicado

em

Curso gratuito é oferecido para profissionais de turismo de Poços

As inscrições  para o curso on-line e gratuito de  Introdução ao Turismo, oferecido pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult), podem ser feitas  até o dia 29 de maio de 2021. O objetivo é capacitar e qualificar gestores, agentes públicos e privados e demais interessados na área.  Para o secretário de Turismo de Poços, Ricardo Oliveira, a qualificação dos profissionais ligados ao turismo deve ser constante em uma cidade que tem o setor como uma das prioridades. “É importante que o pessoal faça o curso, ainda mais neste momento em que a pandemia exige adaptações ao setor. O curso atende aos que já estão atuando, como aos novos interessados no mercado”, explicou o secretário.

A carga horária do curso é de 30 horas e aborda temas como: a cadeia produtiva do turismo; a importância do planejamento turístico e participativo; turismo sustentável e gestão e fortalecimento do trabalho regional integrado. O conteúdo fica disponível na plataforma EAD Cultura e Turismo na Secult (www.ead.secult.mg.gov.br).

O material didático é composto por textos, documentos acadêmicos, vídeos de animação, apresentações, exercícios para fixação do conteúdo, hiperlinks e infográficos. Importante ressaltar, que o prazo para a conclusão do curso, é também o dia 29 de maio de 2021. O curso EAD de Introdução ao Turismo já aprovou mais de 500 pessoas desde a sua primeira edição, em 2019.

 

Por | Secretaria Municipal de Comunicação Social – Prefeitura de Poços de Caldas/MG

Continuar Lendo

Regional

Prefeitura lança campanha “Minha música toca na Libertas”

Publicado

em

Iniciativa visa divulgar música autoral na emissora

Em uma parceria entre as secretarias municipais de Comunicação Social e Cultura, a Prefeitura lança, nesta segunda-feira (1º), a campanha “Minha música toca na Libertas”. A iniciativa tem por objetivo ampliar as ações de divulgação da música autoral poços-caldense no rádio, especialmente na Libertas FM, emissora oficial do município. A campanha conta com o apoio da Câmara Setorial da Música no Conselho Municipal de Política Cultural.

Para participar, basta preencher o formulário disponível no link bit.ly/musicanalibertas. É necessário informar o nome da música, dos intérpretes e dos compositores, o link de acesso ao arquivo da canção, informações complementares sobre a música e, se houver, órgão e código de registro da música, além de dados de contato do músico.

A rádio Libertas FM já veicula a produção musical local. Com a campanha, a ideia é ampliar o alcance da iniciativa, sistematizando o trabalho. Cabe ressaltar que a ação é uma das metas previstas no Plano Municipal de Cultura “Temos uma produção musical muito diversificada e de grande qualidade. Outras iniciativas neste sentido já foram realizadas anteriormente e, agora, com uma campanha sistematizada, buscamos atender de forma mais intensificada a meta do Plano Municipal de Cultura”, destaca o secretário municipal de Cultura, Gustavo Dutra.

“Esse trabalho teve início no ano passado, em caráter experimental, e teve uma ótima aceitação. Diante disso e também atendendo a solicitação dos artistas locais, ampliamos a iniciativa, inclusive com a possibilidade de envio das músicas por meio de formulário”, informa o secretário de Comunicação Social, Paulo Ney de Castro Jr.

De caráter educativo e coordenada pela Secretaria Municipal de Comunicação Social, a Rádio Libertas 99,5 FM é a emissora oficial do município de Poços de Caldas. “A Libertas é uma emissora pública de grande audiência e alcance na cidade e também na região. Nos últimos anos, investimos na modernização da estrutura da emissora e também no enriquecimento da programação, inclusive com a divulgação da produção musical local, que será intensificada a partir dessa campanha”, ressalta Paulo Ney.

Além do rádio, a programação pode ser acompanhada também pela internet. O site da emissora é o libertas.pocosdecaldas.mg.gov.br.

 

Por | Secretaria Municipal de Comunicação Social – Prefeitura de Poços de Caldas/MG

Continuar Lendo

Regional

Em Poços: Faça como o produtor Mauro Rosa e seja um “amigo doador” do Banco de Alimentos

Publicado

em

Faça como o produtor Mauro Rosa e seja um “amigo doador” do Banco de Alimentos

O produtor rural Mauro Rosa, do município de Bandeira do Sul, dá o exemplo: “Nós produtores devemos fazer a nossa parte e doar para o Banco de Alimentos, que fornece para várias entidades”. Nesta semana, ele doou 326 kg de abóbora e 402 kg de mandioca para o Banco de Alimentos de Poços de Caldas.

Os produtos estavam fora do padrão de comercialização, mas em condições adequadas para o consumo. “É muito importante nós produtores nos conscientizarmos sobre isso e não deixarmos perder a mercadoria. É uma mercadoria que seria destruída porque não serve para a comercialização, mas para o consumo está em perfeitas condições. Estamos felizes porque vai matar a fome de muitas pessoas”, conta Rosa.

Faça como o produtor Mauro Rosa e seja um “amigo doador” do Banco de Alimentos

O coordenador da Divisão de Segurança Alimentar da Secretaria Municipal de Promoção Social, José Porto, informa que, na maioria das vezes, os doadores levam as doações até o local, mas, se necessário, a equipe do Banco de Alimentos pode fazer a retirada.

“Nossa meta é ampliar as doações para que possamos beneficiar cada vez mais pessoas. Vamos intensificar as ações de divulgação do Banco de Alimentos para que mais gente possa se tornar um ‘amigo doador’ e fazer a diferença na vida das pessoas”, destaca o coordenador.

O que é?

O Banco de Alimentos de Poços de Caldas é um equipamento da política de segurança alimentar que tem como objetivo captar e distribuir gêneros alimentícios provenientes da agricultura familiar, entre frutas, legumes e verduras, além de estimular o melhor aproveitamento e a redução do desperdício de alimentos, buscando promover a circulação e o abastecimento alimentar, garantindo o direito à alimentação adequada.

O Banco de Alimentos tanto pode adquirir produtos dos pequenos agricultores, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), ou receber doações dos próprios produtores, dos comerciantes do Centro de Abastecimento de Poços de Caldas (CEASA) e de pessoas e instituições parceiras.

Quem são os beneficiados?

O equipamento atende, semanalmente, 36 entidades socioassistenciais do município, fornecendo frutas, verduras e hortaliças. Ou seja, os alimentos são utilizados na preparação das refeições servidas em diversas instituições, com o Hospital da Santa Casa, por exemplo.

Além disso, 130 famílias cadastradas recebem a Cesta Verde, auxílio-alimentação que conta com a distribuição de cestas com legumes, hortaliças e frutas, fornecidas quinzenalmente, como forma de complementação das refeições. Têm direito ao benefício famílias com renda per capta inferior a ¼ do salário mínimo e que tenham alguma pessoa em situação de insegurança alimentar, como portadores de doenças crônicas não transmissíveis como diabéticos, hipertensos, obesos e desnutridos. Para receber a Cesta Verde, é necessário laudo médico, do nutricionista e parecer técnico-social do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Como posso ajudar?

Sua contribuição será utilizada para garantir o acesso a alimentos para 36 entidades e mais de 130 famílias. Para fazer sua doação é fácil. Basta leva os gêneros alimentícios até a sede do Banco de Alimentos, onde será realizado o cadastro de Amigo Doador. As doações são voluntárias, conforme a disponibilidade/oferta dos doadores.

Onde é?

O Banco de Alimentos de Poços de Caldas está localizado na Avenida Presidente Wenceslau Braz, 2.222, nas imediações do CEASA. Mais informações estão disponíveis no site. O telefone de contato é o 3697-2279.

 

Por | Secretaria Municipal de Comunicação Social – Prefeitura de Poços de Caldas/MG

Continuar Lendo

Em Alta

...